Guia para impressão

Ficha técnica EG 2017

O Papel de Pedra imprime-se com a maioria das técnicas de impressão existentes como offset, offset waterless, rotogravura, flexografia ou serigrafia, bem como em sistemas digitais que operam a temperaturas não muito elevadas: HP-Indigo, HP-Latex e Xerox ColorQube.

O nosso papel beneficia-se tanto das vantagens do papel tradicional como do papel sintético. Pode-se imprimir de forma simples usando a maquinaria e os métodos de impressão mais comuns, naturalmente sem perder as propriedades de resistência e impermeabilidade do papel sintético.

Siga as seguintes recomendações para imprimir sobre Papel de Pedra. Considere a presente informação como um guia, que poderá carecer de ligeiras adaptações em função do tipo e modelo de maquinaria de impressão que utilizar.

  • 1. As tintas tradicionais, bem como as tintas à base de soja, são adequadas para imprimir sobre o Papel de Pedra
  • 2. Por favor, imprima primeiro as tintas mais leves (isto é, de CMYK a YCMK ou YMCK conforme seja necessário).
  • 3. A velocidade de impressão é aproximadamente de 7500 ~ 8000 folhas/hora para a impressão de cores sólidas, e mais de 9000 folhas/hora para cores mais claras.
  • 4. A alimentação a água é de [Set 21 e Rácio 115.
  • 5. A alimentação a tinta é de [Set 40 e Rácio 116].
  • 6. O nível de secagem em pó é de 4~6.
  • 7. A superfície do Papel de Pedra® seca imediatamente após a impressão. Deverá esperar que o Papel de Pedra® se seque completamente para reimpressões. Para outros processos há que deixar secar uma hora depois da última impressão com cores claras e 12 horas após impressões com cores escuras. É importante realçar que se podem adicionar agentes de secagem à tinta para abreviar o tempo de secagem.
  • 8. Quando se empilha o papel, não se deve esquecer de separar cuidadosamente as folhas.
  • 9. Para minimizar a eletricidade estática, por favor, mantenha um nível de humidade de pelo menos 40%. É preferível, mas não imprescindível, utilizar equipamentos antiestáticos como por exemplo as unidades anti-iões.

NOTAS DE PRÉ-IMPRESSÃO

Recomendamos que sejam feitos testes com o Papel de Pedra a fim de entender bem as respetivas peculiaridades antes de dar início à sua utilização. Assim sendo, caso surja qualquer pequeno problema, poder-se-á resolver na etapa de testes iniciais.

Por favor, leia os seguintes pontos em forma de perguntas para conhecer melhor o Papel de Pedra:

P: Há variações de branco?
R: Por razões de proteção ambiental, no fabrico da totalidade do Papel de Pedra® não se aplica nenhum branqueador, daí que possa haver ligeiras variações de tom no branco entre mostras de diferentes grossuras ou oriundas de diferentes lotes de produção. Este facto deve ser considerado normal.

P: Qual é a resistência ao toque?
R: Na impressão offset, ao esfregar o papel impresso, podem-se provocar ligeiras variações de cor, o que deve ser considerado normal. Pode-se reduzir ou eliminar este efeito de toque utilizando tintas especiais ou com procedimentos complementares, ou então adicionando uma capa aquosa.

P: Qual é a variação de espessura aceite?

R: As variações médias de espessura vão até ± 7%.

As diferenças de cor podem ser visíveis devido às variações de espessura, sobretudo quando se imprimem cores sólidas. Não se recomenda imprimir cores sólidas sem margem.

P: O papel feito à base de Pedra é menos opaco?
R: Devido ao seu processo de fabrico, o papel feito à base de Pedra é geralmente mais translúcido do que o papel feito à base de pasta de madeira.

P: A tensão superficial da tinta pode afetar o papel?
R: No caso de se imprimirem cores sólidas sobre o Papel de Pedra® de menos de 140 Micras, é possível que apareçam pequenos vincos após a secagem da tinta, o que é perfeitamente normal, já que o Papel de Pedra® é muito suave e ao secar-se as tintas sólidas criam diferentes graus de tensão na superfície que provocam vincos. Para minimizar este efeito, recomendamos calcar cuidadosamente o papel durante o processo de secagem.

WP Like Button Plugin by Free WordPress Templates